quinta-feira, 22 de junho de 2017

Concerto no Museu do Oratório



Marque em sua agenda! 
Museu do Oratório comemora aniversário de Ouro Preto com concerto. 
No dia do descobrimento da cidade, 24 de junho, sábado, às 18 horas, Maurício Freire (flauta) e Elisa Freixo (cravo) se apresentam na sede do Museu . 

O concerto é gratuito. As entradas podem ser retiradas, na sede do Museu do Oratório, a partir do dia 21 de junho (quarta-feira), das 9h30 às 17h30. #museudooratorio #ouropreto

Fonte: Museu do Oratório

I SEBECUI - 1º SEMINÁRIO DE BENS CULTURAIS DA IGREJA - DIOCESE DE DIVINÓPOLIS






1º SEMINÁRIO DE BENS CULTURAIS DA IGREJA - SEBECUI - DIOCESE DE DIVINÓPOLIS
Associação Com. e Industrial de Itapecerica - Itapecerica, MG
25 de julho de 2017, 19h - 28 de julho de 2017, 13h



OBJETIVO DO SEMINÁRIO

O objetivo principal deste 1º Seminário de Bens Culturais da Igreja – “Preservar para Evangelizar” é motivar sempre e cada vez mais os responsáveis e envolvidos por preservar o vasto e precioso patrimônio religioso da Igreja – principalmente padres e seminaristas da Diocese de Divinópolis e das Dioceses da Província de Belo Horizonte - como objeto para a evangelização, expresso dos átrios de nossas Igrejas às suas sacristias e capelas, nos seus arquivos e documentos históricos (bens materiais) e as riquezas das expressões devocionais e de vasto acervo musical (patrimônio imaterial), que evangelizam o povo de Itapecerica nestes 260 anos de criação da Paróquia de São Bento.


PÚBLICO ALVO


O Seminário tem como público alvo os presbíteros e seminaristas da Diocese de Divinópolis e das Dioceses da Província de Belo Horizonte; Secretários de Cultura e a rede de Educação formal de nosso município e das cidades da Diocese de Divinópolis, os que lidam diretamente nos espaços sagrados, as autoridades e todos os que se interessam pela arte sacra e pela sua preservação em vista da evangelização.


PROGRAMAÇÃO DO SEMINÁRIO


25 DE JULHO, TERÇA-FEIRA (abrindo o Festival de Inverno)

19:00 - Missa solene na Igreja de São Francisco (Padre João Luiz Moreira, administrador paroquial e Padre Helton Ferreira Rodrigues, mestre em Bens Culturais e assessor técnico do Seminário).

26 DE JULHO, QUARTA-FEIRA

07:30 - A linguagem dos sinos (repique).

08:00 - Missa solene na Matriz (Dom Gil Antônio Moreira). Após a missa, café na ACI

09:30 - Abertura oficial do Seminário. Composição da Mesa (autoridades presentes).
09:45 - Mensagem e cumprimentos do Sr. Secretario de Cultura do Estado de Minas Gerais - Sr. Angelo Osvaldo


10:10 - Palestra com Dom Gil Antônio Moreira, Arcebispo Metrolitano da Arquidiocese de Juiz de Fora e Bispo referencial da Comissão Episcopal para a Comunicação Social (Setores Comunicação Social e Ensino Religioso Escolar) ; Vice Presente da Comissão Regional Leste II para os Bens Culturais da Igreja. Logo após, na Matriz de São Bento, visita guiada por Dom Gil. (Carga Horária – 1h45min.)

11:45 - Encerramento das atividades.

12:00 - Almoço.

14:00 - Palestra com Pe. Helton Ferreira Rodrigues, “O que é um bem cultural?”. (carga horária – 2h)

16:00 - Coffe break .

16:30 - Visita guiada (Igreja do Rosário).

19:00 - Apresentação a Comissão de Arte Sacra da Diocese de Divinópolis.

27 DE JULHO, QUINTA-FEIRA

08:00 - Missa na Matriz de São Bento. Após a missa, café na ACI.

09:30 - Palestra com Pe. Helton Ferreira Rodrigues, “Conservação, preservação, valorização”. (carga horária – 2h)

11:30 - Encerramento das atividades.

12:00 - Almoço.

14:00 - Palestra com Pe. Helton Ferreira Rodrigues, “As Comissões de Bens Culturais da Igreja: formação e missão”. (carga horária – 2h)

16:00 - Coffe break.

16:30 - Visita guiada (Igreja de São Francisco).

À noite: Apresentação Cultural (conforme programação do Festival de Inverno).

28 DE JULHO, SEXTA-FEIRA

08:30 - Missa na Igreja de Nossa Senhora das Mercês. Após a missa, café na ACI.

09:30 - Plenário.

10:30 - Propostas concretas, projetos, comunicados, avaliação.

11:00 - Palavra final, agradecimentos e encerramento.

12:00 - Almoço de confraternização (Hotel Fazenda Palestina).


INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Hospedagem e alimentação: será por conta do participante.

O café da manhã no local do evento e o almoço de encerramento no Hotel fazenda Palestina são cortesias do 1º. SEBECUI.

SUGESTÕES DE HOSPEDAGEM

Grande Hotel Ita - Praça Dom José Medeiros Leite ,219 centro - Tel. 37- 3341- 1186 (dormitório)

Hotel fazenda Capetinga - Telefone 37 – 99987.8810 – Site : www.fazendacapetinga.com.br

Hotel Fazenda Palestina - Telefone 37 – 3341.1106 – Site : www.hotelpalestina.com.br

ECO Hotel – Rua Vigário Antunes no. 27 – Centro - (37) – 3341.2862 (Somente dormitório)


Educandário São João Batista – Praça São Bento 72 - 37 – 3341 1211 (dormitório - coletivo)

Sobre o produtor

Paróquia de São Bento de Itapecerica - MG


No ensejo de valorizar o Patrimônio Religioso de Itapecerica – MG, nesta parceria se unem: Mitra Diocesana de Divinópolis - Paróquia São Bento com a sua Comissão para os Bens Culturais da Igreja, a FAPAM – Faculdade de Pará de Minas e a Prefeitura Municipal de Itapecerica através da Secretaria Municipal de Cultura e a participação da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais.


Local

Associação Com. e Industrial de Itapecerica
Avenida Ribeiro Pena, 43, Centro
Itapecerica, MG
Fonte: Sympla e  Diocese de Divinópolis - MG 

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Iphan divulga informações sobre incensário e obras de arte desaparecidas

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) divulga o desaparecimento dos bens culturais descritos abaixo:



Turíbulo da Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo, em Salvador – BA

Foi furtado da Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo, em Salvador – BA um turíbulo (incensário religioso) de prata, com 26 cm de altura, 16 cm de diâmetro e 1,3 quilo de peso. O bem é tombado pelo Iphan e seu número de tombamento é BA/99-0153.1161.

Bens artísticos peruanos
Em colaboração com o governo do Peru, o Iphan também divulga o roubo de bens artísticos da família Lámbarria Origuela, na casa Fazenda Huayaccari, do Distrito de Huayllabamba, na província de Urubamba em Cusco, Peru, em 11 de agosto de 1991.

Fiquem atentos. A receptação de bem roubado é crime, conforme o artigo nº 180 do Código Penal brasileiro.

Caso tenham informação sobre essas obras, entrem em contato com o Iphan (cnart@iphan.gov.br).


Objeto


Turíbulo (incensário religioso) de prata, com 26 cm de altura, 16 cm de diâmetro e 1,3 quilo de peso

Proprietário/Local

Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo, em Salvador (BA)

Tombamento

BA/99-0153.1161


Data do desaparecimento8

8 de maio de 2017


Arquivos Ficha do Inventário Nacional de Bens móveis e integrados e Boletim de Ocorrência





Objeto

Pinturas

Proprietário
Família Lámbarria Origuela. Subtraído da casa Fazenda Huayaccari, do Distrito de Huayllabamba, na província de Urubamba em Cusco, Peru

Data do desaparecimento

11 de agosto de 1991

Arquivos

Alerta Virtual de Robo de Bienes Culturales 062-2017-DGDP-VMPCICMC


Obras furtadas no Peru



Virgen Inmaculada

Fonte: IPHAN

terça-feira, 20 de junho de 2017

I Congresso Nacional para Salvaguarda do Patrimônio Cultural


Divulgação do I Congresso Nacional para Salvaguarda do Patrimônio Cultural

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT-Cuiabá) e o CICOP-Brasil convidam profissionais e alunos de graduação para o “I Congresso Nacional para Salvaguarda do Patrimônio Cultural: Fronteiras do Patrimônio”. 

Pela primeira vez a UFMT vai sediar um congresso de nível nacional relativo ao assunto da preservação do patrimônio cultural. Trata-se de uma oportunidade de reunir especialistas sobre o assunto nesta universidade, de fomentar o debate regional - além do nacional - e de dar visibilidade ao patrimônio cultural desta vasta região que, embora já reconhecido pelo Iphan, ainda é pouco difundido em nível nacional.

Em resumo, o congresso irá discutir limites e fronteiras – subjetivas e físicas -, possibilidades, experiências e o futuro da salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, seja para fortalecer identidades, como também favorecer uma visibilidade mais democrática do patrimônio de regiões fronteiriças e distantes dos centros de maior visibilidade do país. Salientamos ainda que em 2017 se comemora o 80º. aniversário do Iphan, ocasião propícia para ampliar, no território e no tempo, os debates sobre a salvaguarda do patrimônio cultural.

Serão abordados os modos de criar, fazer e viver; as criações científicas, artísticas e tecnológicas; as obras, objetos, documentos, edificações e demais espaços destinados às manifestações artístico-culturais; os conjuntos urbanos e sítios de valor histórico, paisagístico, artístico, arqueológico, paleontológico, ecológico e científico.

Linha Temática 01 – Patrimônio Como Política: gestão, políticas e programas públicos e ações privadas.
Linha Temática 02 – Patrimônio Como Paisagem: paisagens culturais e lugares de memória; patrimônio imaterial e a ressignificação da paisagem.
Linha Temática 03 – Patrimônio Como Projeto: projetos ou considerações sobre restauro, conservação, reabilitação ou requalificação do espaço urbano e do edifício.

PALESTRANTES
Profª. Drª Beatriz Piccollotto Siqueira Bueno, Universidade de São Paulo, Brasil
Prof. Dalmo Vieira Filho, Universidade Federal de Santa Catarina
Profª. Drª Iris Kantor, Universidade de São Paulo, Departamento de História, SP
Profª. Drª. Lia Motta, Iphan, Copedoc/DAF/RJ
Prof. Dr. Nivaldo Vieira de Andrade Junior, Universidade Federal da Bahia
Profª. Drª. Rosio Fernandez Baca Salcedo (UNESP, CICOP Brasil)
Profª. Vera Baggetti e Zuleica de Arruda (profissionais estudiosas especialistas na cultura da região de Mato Grosso)

Título
I Congresso Nacional para Salvaguarda do Patrimônio Cultural

Tipo
Evento

Website
https://cicop2017ufmt.wixsite.com/cicop

Organizadores
Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Mato Grosso (FAET-UFMT) e o Centro Internacional para a Conservação do Patrimônio (CICOP/Brasil)

De
03 de Outubro de 2017, 09:00

Até
07 de Outubro de 2017, 21:00

Onde
Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT)

Endereço
Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367 - Bairro Boa Esperança. Cuiabá - MT

Fonte:Arch Daily

domingo, 18 de junho de 2017

Igrejas centenárias de Florianópolis farão parte do Livro “Floripa, sua Linda!”


As igrejas centenárias de Florianópolis farão parte do livro de aquarelas criado pela arquiteta e artista, Gabriela Luft. A Catedral Metropolitana, as igrejas de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito e a de São Francisco, localizadas no centro de Florianópolis, a da Nossa Senhora da Lapa, no Ribeirão da Ilha, a da Nossa Senhora das Necessidades, em Santo Antônio de Lisboa, a de Nossa Senhora de Fátima, no Estreito, e a de Sant’Anna, na Armação, são alguns exemplos de igrejas que foram transformadas em aquarelas, pela artista natural da cidade.

O projeto criado pela artista, sob o título de “Floripa, sua Linda!”, retrata aproximadamente 250 aquarelas dos pontos turísticos da cidade, como praias, igrejas, praças, fortalezas, casario e monumentos e será transformado em livro com previsão de lançamento para março de 2018, no aniversário de Florianópolis no próximo ano. “O livro é uma homenagem para a nossa querida cidade, onde busco interpretar de acordo com minhas vivências e experiências, a essência destes locais”, ressalta Gabriela. A artista salienta que o projeto também é uma forma de resgatar o patrimônio histórico da cidade.
Serão produzidos três mil livros, sendo 500 deles com edição especial para deficientes visuais, através do incentivo da Lei Rouanet e da Lei Municipal de Cultura de Florianópolis.

Programação da exposição

As aquarelas vão estar em exposição no mês de outubro, no Espaço Cultural do BRDE, em Florianópolis (Avenida Hercílio Luz, 617, Centro), e na ocasião do lançamento do livro, em março de 2018, sem local definido ainda.





















Por Francelise – Assessoria da artista
Fonte: Arquidiocese de Florianópolis

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Americana (SP) apresenta projeto de restauração da Igreja Matriz


Por Defender |


Projeto de restauração da Igreja Matriz de Americana foi apresentado pela Basílica Santuário Santo Antônio de Pádua. (Foto: Clayton Padovan)

A Basílica Santuário Santo Antônio de Pádua , em Americana (SP), apresentou nesta sexta-feira (2) projeto de restauração da Igreja Matriz, que está estimado em R$ 2,2 milhões. O documento foi protocolado no Ministério da Cultura e agora depende de aprovação para ser viabilizado por meio da Lei Rouanet.

Para ajudar no projeto, no início deste ano, a Basílica lançou a campanha “Retratos da História”. Com a ajuda da população, a igreja conseguiu resgatar documentos que ajudaram na elaboração do trabalho de restauração do prédio de 1897.

Além da importância histórica, a restauração também resolverá problemas estruturais na igreja, que desde o ano passado está fechada.

Etapas

A análise no Ministério da Cultura deve demorar 90 dias, segundo a Basílica. Após a aprovação, a primeira fase das obras contemplará toda a parte estrutural.

Já a segunda etapa será voltada para as pinturas artísticas, o piso de ladrilho hidráulico e o paisagismo, mas ainda não há previsão de gastos.

Campanha

Em fevereiro, a Basílica Santuário Santo Antônio de Pádua lançou uma campanha para recuperar fotos antigas da Igreja Matriz de Americana. A iniciativa, chamada “Retratos da História”, pretendia resgatar documentos que ajudassem na elaboração do projeto de restauração do prédio histórico.

Na época, a arquiteta responsável pelo projeto técnico Juliana Binotti disse que as fotos iriam contribuir para o levantamento das características da primeira igreja do município, já que desde sua construção, ela passou por várias reformas. A última aconteceu em 1990.

Fonte original da notícia: G1 Campinas e Região
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...