segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Entrevista com María Felicitación Gaviero Galisteo

Publicamos aqui a tradução da Entrevista concedida pela Artista e bordadeira María Felicitación Gaviero Galisteo ao Site Cofrades Malagueños:


Por Lola Rengel

María Felicitación Gaviero Galisteo, nascida em Málaga há 39 anos. No bairro Capuchinhos, com 18 anos começou a trabalhar como costureira.

P. Onde e quando se formou?
R. Eu comecei a minha formação como costureira na oficina de Salvador Oliver.


P. Foi em 2001, quando você decidiu montar seu próprio atelier. Qual foi a sua primeira encomenda?
R. Um pequeno vestido para uma determinada imagem e toque sobre manto de Maria Santíssima dos Dores em Soledad.


P. Quantas pessoas trabalham com você?
R. Não tenho no atelier um número fixo de pessoas, variam de acordo com o trabalho que precisa. Mas sim, eu gostaria de fossem mais do que cinco ou seis. Um atelie tranquilo, onde se respira a harmonia e a tranquilidade é o que mais me agrada.


P. Como uma mulher, você já se sentiu discriminada no mundo da confraria?
R. Não, eu nunca me senti discriminada ... pelo contrário eu me senti amada e valorizada.


P. Você trabalhar em novos projetos, mas pelo que entendi, tem participado em importantes restaurações, isso é verdade?
R. Sim. Eu fiz diversas restaurações entre elas destaco o manto processional da Santíssima Virgem das Dores Coroada, da Confraria da Expiração de Málaga e do manto da Virgem dos Servitas igualmente da capital Málaga.


Neste ponto da entrevista visualizamos por um monitor o vídeo do momento em que é descoberto o manto de Coroação.



P. Como você se sentiu naquele momento para ver seu trabalho ante a tanta expectativa?
R. Muita emoção, um reconhecimento ao trabalho realizado, e sobretudo muito carinho ... cada dia que passa eu recebo mais carinho de todos os irmãos da Irmandade do Rocio.


P. O que significou para você esse trabalho?
R. No começo foi um desafio. Fazer um manto comemorativo da coroação da Virgem do Rocio foi uma grande responsabilidade. Após da finalização foi um grande impulso para a oficina, um grande reconhecimento e incontáveis ​​demonstrações de afeto e carinho a minha pessoa, que para mim e minha família são o mais importante.


P. Como e quando é comissionado?
R. A ordem foi recebida em fevereiro do ano passado e foi o irmão D. Juan Lupiáñez que me informou pessoalmente.




P. Quanto tempo de execução é especificamente um manto com essas características?
R. Foram dezoito meses de trabalho quase que exclusivamente no manto.


P.Quantas pessoas participaram da sua realização?
R. Temos sido vários, mas gostaria de destacar o esforço de toda a família, sem ela não seria possível.


P. É o melhor elogio que você recebeu?
R. Fez nosso sonho uma realidade, me disse um irmão do Rocio ... e, é claro, as lágrimas de olhos emocionados de muitas pessoas quando contemplaram o manto de Coroação da Virgem do Rocio.


P. Alguma crítica construtiva?
R. A verdade é que eu não me lembro de nenhuma.


P. Você já teve algum comentário sobre o abuso enquanto "ostentação" nestes tempos de crise?
R. A verdade é que sim, alguns, mas alguns já recebido. Eu acho que, nestes tempos, a maioria das Fraternidades de ação social podem fazer é criar postos de trabalho, por outro lado, é o que mais precisamos neste país. A demagogia está muito barata e muito fácil de fazer ... minha família está profundamente agradecida à Irmandade do Rocio por nos dar trabalho para dezoito meses. Espero e desejo que, graças às irmandades e confrarias, não nos falte o poder de desenvolver a nossa arte, que é o que mais gosto de fazer como consorcia que sou.


P. Que vestuário bordado gostaria de realizar?
R. Manto e dossel de Maria Santíssima das Dores em Soledad ... Às vezes os sonhos se tornam realidade.


P. Para acabar, qual é para você a jóia mais valiosa, enquanto patrimônio, da Semana Santa malaguenha?
R. Eu acho que todo o conjunto do trono procissão da Santíssima Virgem das Dores Santíssimo. Nossa herança Senhora das Dores Coroada, é uma das jóias patrimoniais da Semana Santa em Málaga, no entanto, desde os anos 80, as irmandades sempre fizeram uma tentativa de aumentar seu patrimônio com peças de qualidade, como se nota.




P. María Felicitación, foi um prazer falar com você. Muito obrigado pela participação. Você quer adicionar mais alguma coisa?

R. Aproveito a oportunidade que você me oferece para novamente agradecer à Irmandade do Rocio a oportunidade que me deu para bordar o manto de sua titular sagrada. Eu envio uma calorosa saudação a Eloy Téllez por seu maravilhoso desenho, base do trabalho que temos realizado, e sem ele, o manto não teria sido o mesmo. Muito obrigado.



*** 
Mais fotos do trabalho de María Felicitación:












Fotos de Maria Felicitación

Veja Vídeo da Coroação de Nossa Senhora ocorrida no dia 12 de setembro:

video



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...