segunda-feira, 11 de março de 2013

Memorial contará a história da Igreja Católica em Alagoas

Defender

Acervo será aberto ao público e funcionará no prédio do arcebispado. Espaço também abrigará escola de restauração de obras sacras.
1190738726f8e148db104815cdaee383339b33f8
Um rico acervo religioso, artístico e histórico ficará disponível para a visitação do público no memorial que está sendo construído no arcebispado de Maceió.

O conjunto de obras reunidas contará um pouco da história da igreja católica em Alagoas, bem como da cultura e das artes dos séculos XVIII e XIX.
Entre os pertences que comporão o acervo está a mitra, usada pelo primeiro bispo de Alagoas, Dom Antônio Brandão. Bordada a ouro e cravejada com pedras preciosas, a peça, além de se destacar pelo valor histórico e religioso, chama  atenção pelo trabalho artesanal com que foi confeccionada.
Uma estátua de Dom Manuel Antônio, segundo bispo do Estado, que posteriormente se transformou no primeiro arcebispo, também fará parte do acervo. O prelado será representado com todas as vestimentas usadas por ele nas celebrações. Ao arcebispo Manuel Antônio também serão dedicados alguns presentes no acervo, como um livro de cerimônias com dedicatória do papa Pio Décimo e o cálice usado nas celebrações.
Segundo o arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz, o espaço que ficará no arcebispado abrigará também uma escola de restauração. “Junto a este memorial, nós também pretendemos que ali seja uma escola de belas artes, que, de modo particular, dê prioridade à formação dos jovens para o trabalho restauro”, relata o religioso.
As demais peças do memorial serão trazidas das casas paroquiais do estado. De acordo com a Secretaria Estadual de Cultura de Maceió (Secult), a previsão é que a obra de restauração do arcebispado fique pronta em maio deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...